domingo, 13 de setembro de 2009

_Outros tempos..._

Tenho sentido saudades de sentir-me criança, andar... olhar para um lado e outro, e ver as vossas mãos a envolver as minhas...
Sem preocupãções, acreditar nos impossíveis...e viver com o pensamento de que sempre vos teria pertinho de mim! O ser humano não está preparado para viver o Último Adeus, muito menos daqueles a quem chamamos Pais, e que inigualavelmente nos amam de uma forma incondicional e única!

5 comentários:

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Seria sempre vtão bom o aconchego temporário da infância. Mas a vida avança inexoravelmente e nao nos dá treguas :(

Licas disse...

Olá Joaninha
Passa pelo meu blog. Tenho lá um desafio para as minhas amigas virtuais. Passa a palavra.
Um abração
Licas

amigona avó e a neta princesa disse...

Saúdo a tua ternura, o teu carinho,o teu incondicionável amor.
Respeito a tua dor e deixo a minha solidariedade...um abraço...

Licas disse...

Então Joaninha

Quem me dera que fosses minha filha... Embora não seja a mesma coisa, que sorte vai ter a sogra que te levar como nora...

Estou à espera de um olá.

Ainda estás pela Madeira ou já andas por aqui, com a tua capa esvoaçando ao vento?

Então e o nosso cafézinho?
Ou uma francezinha bem pertinho de ti (No Cenáculo por exemplo) ?


Beijinhos

Licas disse...

Olá Joaninha

Então esta cidade põe-te assim tão triste?
Penso que não terás nada contra ela ou contra os seus habitantes, mas que seja apenas uma reacção às saudades da família e do "mais que tudo". Será?

Pois é, para diminuir esse estado digo-te que estarei à tua disposição na 3ª feira.
Tens o meu telefone, portanto no fim de semana ou 2ª feira diz-me a hora e o local que te convém.

Por mim pode ser durante a hora de almoço e desafio-te para uma francesinha, ou de tarde para um cafézinho.
Fico a aguardar.
Uma beijoca
Licas