quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

_4 Anos - 22 de Fevereiro_

Parece que foi ontem, mas por outro lado...parece que já partiste há muitos mais anos...e na verdade ainda só lá vão 4 anos! Ao longo destes anos...é raro o dia que não revejo na minha memória todos os momentos que vivemos juntas na tua doença, bem como outros...que simplesmente me foram contados por outras pessoas...quando não me foi possível, infelizmente, estar presente nessa difícil fase da tua vida! Continuo a viver uma constante interrogação por este desfecho trágico dos teus tenros 42 anos... Mas ainda não foi tempo de a Vida me dar as respostas, quem sabe...talvez um dia!? Não me canso de ver as fotos tuas...nossas...contemplar o teu sorriso em cada uma delas, deliciando-me em cada traço do teu rosto..., revivendo assim os meus 19 anos a teu lado!
Hoje...estou com 23 anos, e muitas foram as coisas que vivi e conquistei, onde em muitos desses muitos faltou a tua presença, o teu sorriso...a tua palavra de incentivo para eu não desistir, mas...lá continuo a sobreviver, mais do que a viver...uma Vida que se tornou cinzenta, por te ter perdido para sempre! Não tem explicação o vazio que sinto pela tua ausência...! Até um dia Mãe...
Joana Carvalho

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

_25_

No passado dia 17 de Dezembro de 2010, fez 25 anos que a minha mãe finalizou o curso de Enfermagem...! Parabéns Mãe...
Ao longo destes anos que trabalhaste, marcaste com a tua maneira de ser...com o teu sorriso...as pessoas que trataste, tal como aqueles que trabalharam contigo! Serás INESQUECÍVEL!

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

_..._

...SaUdAdEs Do TeU CaRiNhO...

terça-feira, 7 de setembro de 2010

quinta-feira, 22 de julho de 2010

_46_

Muitos Parabéns Mãe!!! Hoje farias 46 anos... Bem me recordo, dos dias, em que nos reunia-mos, para cantar-te os parabéns e aproveitava-mos para conviver com a família... Infelizmente, a tua presença física agora já não é mais possível... Apesar disso, todos os anos, (bem como todos os dias), recordarei a tua presença e tudo aquilo que passamos juntas em muitas ocasiões...
No passao dia 30 de Junho, dediquei-te mais uma vitória na minha Vida...em breve...iniciarei uma nova etapa, a qual encaro com mais uma vitória que a ti dedicarei...e certamente...num lugar...que estarás ainda mais perto de mim, diariamente... Um grande Beijo, da tua filha que te ADORA e que NUNCA te esquecerá!

quarta-feira, 30 de junho de 2010

_FIM_

Acabei oficialmente o curso... FINALMENTE!!! Defendi hoje o meu trabalho final do curso, pelas 15h. Foram os 35 minutos mais longos da minha vida, e parecia que estavam prai 50 graus dentro daquela sala... Mas...chegou ao tão desejado FIM e isso é realmente o que interessa! Muito nervosismo antes e durante a apresentação...mas...lá me safei... Alcancei mais uma vitória, das maiores nos anos...e uma vez mais é dedicada aos meus pais, e sobretudo à minha MÃE, pois sei o quanto ela adorava ter estado presente neste momento...e ter-me felicitado com um beijinho e um abraço. Acredito que ela tenha ficado muito, mas muito feliz com esta vitória e isso deixa-me igualmente feliz!!! Obrigada Mãe, por me teres apoiado sempre...mesmo de longe...mas bem perto no coração! Ao meu pai igualmente agradeço por tudo e pelo seu esforço, para me ter mantido no curso...! Estou-vos eternamente grata!!!!!

quarta-feira, 23 de junho de 2010

_Mestre Bob Marley_

Os ventos que às vezes tiram algo que amamos,
são os mesmos que trazem algo que aprendemos a amar...
Por isso, não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim,
aprender a amar o que nos foi dado.
Pois tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre...
*Bob Marley*

terça-feira, 22 de junho de 2010

_Vazio infinito_

A Vida, tem-se tornado numa indefinição... Uns dias em que tudo faz sentido, em todos os aspectos...outros...em que nada faz sentido, e nos sentimos perdidos...e em vão por esta Vida, que nos leva a uma velocidade alucinante!
Tem passado por mim, sem que eu me dê conta...o que é grave... Pois, são muitos os momentos, em que nada tem feito sentido, onde a vontade de continuar é pouca...! Estranho, ou diriam muitos que eu não sei agradecer tudo o que tenho para ser feliz...e que muitos gostariam de ter e não têm...
Eu sei que me posso considerar uma sortuda em muitas coisas, mas por vezes...o vazio é de tal maneira infinito...que o tudo o resto, deixa de fazer qualquer sentido!
Dias em que apetece partir para o infinito ou simplesmente para o desconhecido, outros...em que o desejo de fazer tudo, se apodera de mim! Desejo...que muitas vezes não passa disso mesmo... Sonhos? São muitos...mas nem eles por vezes me fazem ter energia para continuar...
Interrogo-me sobre muitas coisas, sobretudo escolhas que um dia fiz... Escolhas sobre o futuro, que quem sabe...me levariam a uma plena realização! Acho que temos de escolher muito prematuramente o nosso futuro...onde por vezes...não se revela a melhor opção!
O sonho da minha Vida...sobre o qual adoraria ter preenchido a minha Vida, simplesmente, morrerá comigo!

Joana Carvalho, 22-6-2010

terça-feira, 1 de junho de 2010

_Cruzeiro da Vida_

O tic tac do relógio assinala a passagem do tempo, nesta viagem do Cruzeiro da Vida...que todos nós fazemos. Uma viagem...com várias paragens, mas onde o tempo não pára... Paragens para vermos por vezes sair aqueles que mais amamos, ou somente aqueles que simplesmente se cruzaram por nós neste grandioso cruzeiro...que às vezes até parece pequeno. Um cruzeiro que um dia iniciamos, sem tão pouco saber o destino!
Joana Carvalho, 30-5-2010

quinta-feira, 20 de maio de 2010

_Um dia..._

...partiste sem nada me dizeres... Muitas histórias ficaram por partilhar, muito ficou por vivermos as duas...lado a lado... Espero um dia ter a oportunidade de viver contigo, aquilo que ficou por viver...por causa da tua injusta partida! A ferida continua...cada dia mais dolorosa! Salva-me desta dor...como só tu sabias fazer, quando eu não estava bem!

_..._

Vida passageira,
Porque me escolheste a mim?
Para ser mais uma a passear o esqueleto por aí?
Para ter visto a minha mãe sofrer?
Para viverem a minha vida por mim?
Porque me escolheste a mim, vida passageira...

_Até quando?_

As pessoas definitivamente não compreendem que a sociedade tá a evoluir... Tentam a todo o custo pensar o politicamente correcto para serem perfeitos, quando ninguém o é! Que nervos! Não dão um passo na sua própria vida sem pensar no que os outros vão pensar desse passo... Que ridículo! Afinal...vamos viver a nossa própria vida? Ou viver a vida com a cabeça dos outros? Se assim for, deixa de ser a nossa vida...e passa a ser uma vida em vão! Eskecem-se de respeitar os gostos dos outros, por muito que sejam ridículos... Respeitar não é a mesma coisa que aceitar, mas nem todos sabem disso! Mais do que aceitar, é preciso respeitar viver em sociedade! A título de exemplo, há quem diga: "tatuagens...devia dar cadeia máxima", "piercings...tatuagens...quem faz disso no seu corpo, não pode ser bom da cabeça...tem problemas de certeza."...etc... Bem, sendo assim, eu devo ter problemas também...é que tenho um piercing na orelha...e adorava ter uma tatuagem na perna. Enfim!!
A vida é só uma, mas as pessoas tomam o amanhã como garantido, apoderam-se da vida dos outros...e à custa disso...há muitas vidas foram simples e vagas passagens!! É triste...!

terça-feira, 4 de maio de 2010

_Vida_

Escapas-me por entre os dedos,
Amarrada vejo-te passar...
Sem que te possa agarrar...ou...
Mesmo fazer-te parar,
Apesar de conseguir falar e pedir-te para esperares!
Não sei se me ouves...
Ou até se a minha voz se faz notar,
Por entre esse teu corropio com que nos levas a todos!
__
Joana Carvalho, 4-5-2010

segunda-feira, 3 de maio de 2010

_Dia da Mãe_

"Deus não podia estar em todo o lado ao mesmo tempo, por isso criou as mães" (autor desconhecido).
__
E mais um dia da Mãe se passou, embora...esse dia...para mim seja todos os dias. Fui ao cemitério uma vez mais, e ofereci à minha mãe um arranjo de flores, com rosas vermelhas...feito pela mãe do meu namorado, que me ofereceu, mesmo para eu ir pô-las ao cemitério. De Sábado para Domingo, sonhei uma vez mais contigo... Como eu adorava poder voltar a sentir o calor do teu abraço Mãe!!! Ao longo do dia pensei em ti, imaginei-te perto de mim...e na falta que me fazes diariamente... As saudades são muitas e cada vez mais!!!!
Um grande beijinho da tua filha que te adora e que nunca te esquecerá em momento algum!!!

quinta-feira, 29 de abril de 2010

_eerrr_

As pessoas ainda não se convenceram que Deus deu uma vida a cada um para que cada um cuide da sua... fonix!!! E além disto...não se apercebem do quanto magoam as pessoas... Um dia, pode ser que seja tarde demais...
29-4-2010, Joana Carvalho

quarta-feira, 28 de abril de 2010

...

"As pessoas por vezes, parece que têm uma repartição no lugar do coração!" - Eduardo Sá

sábado, 27 de março de 2010

_Mundo estranho?_

A Vida até pode ser bela, mas cada mais me convenço que vivemos num Mundo estranho... Ou seremos nós, seres humanos que o tornamos estranho?! O ser humano tem de facto muito que se lhe diga, mas infelizmente...há aqueles que até parecem objectos, uma vez que pelas suas acções nem parecem ter sentimentos, com tamanha frieza que vivem neste Mundo!! Todos temos diferentes personalidades, culturas...educações...e diferentes berços, que muitas vezes detrminam aquilo que um dia somos... Uns têm no meio onde nasceram, tal como pelas pessoas que os rodeiam...mas...outros nem tanto, antes pelo contrário. Mesmo assim, e o mais caricato e frustrante...são aqueles que têm sorte por tudo o que os rodeia, por terem tido uma boa educação, amor e carinho...mas no entanto...no futuro não conseguem ser gratos e reconhecer tudo o que fizeram por eles...e simplesmente ignoram tudo isso! Esquecem-se de todos os sacrificios que foram feitos por eles, a educação, o amor...o carinho...em virtude do poder, dinheiro...ganância...! Não há explicação possível! Mais grave é que essa troca é feita em relação aos próprios pais...e esquecem-se...que um dia, todos teremos o mesmo destino e nada levaremos deste Mundo, a não ser o que no coração temos!

Joana Carvalho, 25-3-2010

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

_De regresso à Madeira_

No passado dia 20 de Fevereiro, apesar da intempérie que assolou a Madeira, conseguiu viajar do Porto para a Madeira, por volt das 22h45. Mal sai do avião no aeroporto da Madeira, uma calma se fazia sentir, e parecia que nada se tinha passado...mas o cenário era de facto desolador, pois eu já tinha visto pela TV. Custa a acreditar que tudo isto aconteceu, e os locais afectados, estão de facto irreconhecíveis... Com a minha família e amigos, está tudo bem... Excepto, o pai de uma amiga, que infelizmente morreu, nesta catástofre. Aqui deixo um grande abraço de muita força e coragem para esta amiga, neste momento difícil!
Em breve, tentarei colocar algumas fotos que tirei no Domingo no Funchal...
Por último, acrescento, que neste Domingo, dia 22 de Fevereiro, marcou o 3º aniversário da morte da minha mãe. No próximo sábado, dia 27 de Fevereiro, será celebrada uma missa por sua intenção, na Igreja Matriz de Machico, por volta das 18h. Agradeço desde já a quem comparecer...
Quero também deixar uma palavra de força, coragem a todos os madeirenses, louvar todas as pessoas envolvidas nos trabalhos e limpezas, para que a reconstrução seja possível, bem como às vitímas desta catástrofe e todos aqueles que perderam os seus entes queridos!
Força Madeirenses!!! Temos de vencer!

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

_5 Fev - 2 Anos INESQUECÍVEIS_

Noite em claro

E sempre a pensar

Como seria, se...

Nos meus braços eu te teria!


A recordação de momentos passados

Eternamento gravados,

Num coração que um dia sofreu,

Mas que agora é todo teu...

E tu melhor do que ninguém...

O sabes fazer, o mais feliz do Mundo!


Tornaste a minha Vida, um sonho de felicidade...profundo!


O meu coração é todo teu,

Desde o dia em que te conheceu...

A ti me entreguei,

E só contigo, feliz serei...

Sem ti...viver não sei!


Dois anos se passaram,

Parece até que voaram.

Só peço muitos mais anos a teu lado

Para sempre te fazer feliz

Como tu a mim me fazes...


Poeta não sou,

E poesia não sei fazer...

No entanto, o melhor poema que te posso dar

É o meu amor verdadeiro

E eterno...

Obrigada pelos 2 anos mais fantásticos da minha Vida!


Joana Carvalho, 5-2-2010





quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

_Quase? Espero que sim_

Olá!! Estou novamente de volta...não com grandes novidades, ou se calhar até nenhumas. Continuo à volta do trabalho final do curso, e assim que esteja finalizado, volto para a Madeira, praticamente de vez. Neste regresso, já levarei as minhas coisas todas para a Madeira, o que já vai "cheirar"...a quase um FIM, fim esse que se Deus quiser, acontecerá em Junho. Para já, este regresso, estou a contar fazê-lo antes do fim do mês de Fevereiro... Até Junho, tenho umas feriazinhas, que também mereço, e em Junho, voltarei então novamente ao Porto, para entregar e apresentar o dito trabalho, que tem como tema: Epicondilite Lateral do Cotovelo. Se tudo tivesse corrido bem, e o tivesse conseguido finalizar a tempo, tinha entregue a 22 de Janeiro...mas...como isso não aconteceu, só o posso entregar mesmo em Junho. Claro que é um bocado chato, ficar com isto "pendurado" até Junho, mas acho que até foi melhor... E é caso para dizer, que há males que vêm por bem. Pois, inicialmente eu tinha outro tema idealizado para o trabalho...mas depois em conversa com uma colega e amiga de curso, decidi mudá-lo, pois também ainda não tinha conseguido um Fisioterapeuta para orientar-me no trabalho, mesmo depois de 8 convites que fiz. Agora, finalmente, tenho uma pessoa a orientar-me (visto que também é obrigatório), e estou a gostar de desenvolver o tema em questão...pois também é uma lesão ortopédica, que é uma área que mais me agrada.
Tenho andado também a fazer algumas arrumações aqui em casa, para colocar tudo em caixotes, para quando chegar o dito dia...fechar apenas a porta de casa, e sem dúvida nenhuma, não voltar a olhar para trás...para a porta, onde entrei e sai muitas vezes, ao longo destes anos.
Continuação de uma boa semana para todos vós...

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

_Michéle Mouton_




_Admiro-a MUITO_

(foto retirada do google)
"Michèle Mouton (nascida no dia 23 de Junho de 1951 em Grasse) foi a primeira e até hoje única mulher a vencer uma etapa do Campeonato Mundial de Rali (WRC), em Sanremo em 1981. Em 1982 após um disputado campeonato ela terminou o ano na segunda posição do WRC, vencendo as etapas de Portugal, Brasil e Acrópole pilotando um Audi Quattro.
Em 1985 ela foi a primeira mulher a vencer a subida de Pike's Peak, famosa corrida realizada nos EUA. No ano de 1986 com o fim do grupo B (FIA) ela abandonou a carreira no rali, entretanto foi figura chave na organização do evento Race of Champions, em homenagem a Henri Toivonen.
Em 1975 ela também participou nas 24 Horas de Le Mans numa equipa feminina. Michèle Mouton certamente é a mulher que obteve o maior sucesso no rali e uma das mais famosas e bem sucedidas mulheres no automobilismo mundial.
Registos no Campeonato Mundial de Rali
- Nacionalidade - Francesa
- Anos de actividade - 1974 - 1986
- Equipes - Fiat, Audi
- Ralis Mundiais - 50
- Campeonatos - 0
- Vitórias - 4
- Pódios - 9
- Vitórias em etapas - 160
- Pontos - 229
- Primeiro rali no Mundial - 1974 Rali da Córsega
- Primeira Vitória - 1981 Rali de San Remo
- Última Vitória - 1982 Rali do Brasil
- Último Rali no Mundial - 1986 Rali da Córsega"
___
Fonte: wikipedia
___
Perante tudo isto, mais palavras para quê?! Simplesmente ADORAVA conhecê-la...

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

_Adoro-te Mãe_

A todos os visitantes do meu blog, convido-vos a visualizarem um vídeo que eu fiz, em homenagem à minha mãe, o ano passado em Janeiro, mas só agora o consegui colocar no youtube.
Cliquem no seguinte link, e não se esqueçam de ligar o som dos vossos computadores:
__
Espero pelas vossas opiniões...em relação a mais um gesto meu, para a minha mãe!

sábado, 16 de janeiro de 2010

_Via MSN_

Filipe Medeiros diz:
. Olá...
. Posso dizer-te uma coisa???
. Não deixes nunca de escrever
Johnnyzinha diz: (eu)
. Hum...Obrigada!!!!! :-) :-)
Filipe Medeiros diz:
. Tive mais uma vez a ler o teu blog e...fantástico
. Fantástica a maneira como transpareces as coisas...
. Não deixes perder esse talento que tens
. Estás mesmo de parabéns mais uma vez
Johnnyzinha diz:
. Obrigada a sério pelas tuas palavras...e sobretudo pelo incentivo!!!!
Filipe Medeiros diz:
. Não joana...é a pura verdade
. Já tive prai 5 vezes pelo menos para deixar comentário
. Mas não consegui
Johnnyzinha diz:
. Obrigada
Filipe Medeiros diz:
. Mas continua...
. Acredita que vejo-me um dia com um livro teu nas mãos!!
Johnyzinha diz:
. Sabes...que cada vez mais alimento essa ideia de um dia escrever um livro!
Filipe Medeiros diz:
. Acredita que podes alimentar
. Pois acredito que não andarás longe
Johnnyzinha diz:
. Thanks!! :-) :-)
___
Estava eu tranquila no meu computador, quando este meu colega e amigo da Faculdade, vem incentivar-me com estas palavras!
Uma vez mais...Obrigada Medeiros, pelas tuas palavras de incentivo... São palavras como as tuas, que alimentam a minha esparança de um dia realizar um dos meus desejos: escrever um livro em homenagem à minha mãe!

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

_Gostava..._

- de trabalhar na SCMM,
- de ser atleta federada,
- de casar,
- de ter uma casa,
- de ter uma vida estavel,
- de ter um filho,
- de aprender a dançar Hip-Hop,
- de aprender a tocar viola,
- de aprender a tocar bateria,
- de ter formação em desenho,
- de ter formação em fotografia,
- de fazer uma prova de rally,
- de andar num carro de rally com tracção traseira,
- de ter à vontade para cantar em palco,
- de conhecer Sebastien Loeb,
- de conhecer Simone de Oliveira,
- de ouvir o barulho de aplausos após uma exibição desportiva minha,
- de escrever um livro em homenagem à minha mãe,
- de assistir a um concerto do Robbie Williams,
- de assistir a um concerto dos il divo,
- de assistir a um concerto dos coldplay,
- de fazer um jogo de futebol num grande estádio,
- e por último, mas mais importante que tudo o resto: reencontrar a minha mãe...
E...
Adorava ter tido a oportunidade, de fazer da minha Vida, apenas e só desporto (atleta de alta competição)...
Quem sabe...numa outra Vida!!!

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

_Saudades que matam..._

As saudades por ti, matam diariamente, eu sinto... Tal como a doença que te levou rapidamente! Adoro-te Mãe!
Joana Carvalho, 13-1-2010

_Sem o teu porto de abrigo..._

Saudade,
Solidão,
Ansiedade,
Angústia,
Desespero,
Revolta,
Tristeza,
Inquietação,
Sem destino,
Sofrimento,
Medo...
É o que sinto, sem ti ao meu lado Mãe... Já lá vão 2 anos, 10 meses e 13 dias!
Joana Carvalho, 13-1-2010

_Talvez fosse melhor_

Por vezes, penso que é melhor viver na ignorância... Vivemos despreocupados e felizes!

_O desejo de te abraçar_

Vivo diariamente à tua procura... Ainda que muito suavemente, por vezes vejo-te, corro para te abraçar e jamais te largar! Desapareces por entre os meus braços, e afinal não é mais do que a ansiedade da minha visão a trair o meu desejo de te encontrar e jamais te perder!
Joana Carvalho, 13-1-2010

_Sempre te procurarei..._

Olho o céu e procuro o brilho do teu olhar,
Por entre o silêncio da noite,
Espero ansiosa e desesperadamente ouvir o som da tua voz...
Na brisa da noite, que arrefece o meu coração
Espero pelo teu insubstituível e aconchegante calor de brilhante mãe que foste e eternamente serás!
Joana Carvalho, 13-1-2010

_Estou de volta..._


Foto tirada no dia do meu aniversário...15/11



Após praticamente 2 meses sem novidades, eis que estou de volta... Estive na Madeira, em estágio, e todo o tempo livre era para aproveitar da melhor forma, de modo que raramente liguei o computador, e o tempo para actualizar o blogue era pouco... Perdoem-me meus caros visitantes!

Agora, estou novamente de volta ao Porto, INFELIZMENTE...

Passados 4 anos, sem praticamente festejar o dia do meu aniversário, eis que este ano isso foi possível, e junto das pessoas que me fazem feliz na Madeira. Realizei estágio de 16 de Novembro a 30 de Dezembro, no CRPSF, e que foi sem dúvida uma experiência muito enriquecedora tanto a nível pessoal, como a nível profissional.

Entretanto o Natal, passou, sem que eu desse muito por isso... Não foi realmente dos melhores anos! Outros hão-de vir...

A passagem de ano, essa foi diferente, uma vez que a passei apenas e só com o meu amorzinho. Vimos o fogo, no cais da Avenida do mar do Funchal, e posteriormente passeamos pelas ruas do Funchal...foi diferente e especial!

Foto tirada no fim de ano...

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

_Recordações_


_Il Divo - The Power of Love_

Yo te protegere de tus miedos
Soy tu principe azul
Angel del cielo
No hay mas que temer
Hoy como ayer siempre me vas a tener
Solo importa tu amor, dámelo
Aqui estoy
La fuerza mayor
Esta en el amor
Es interior
La meta es darlo
Deberas mostrarlo
Sin razón
Con el corazón
Te prometo que te cuidare
Y para amarte solo vivire
Cuando triste estes alli estare
Con este inmenso amor que you siento por ti
Y nunca lloraras
Tu seras lo unico
La fuerza mayor
Esta en el amor
Es interior
La meta es darlo
Deberas mostrarlo
Sin razón
Con el corazón
Amar es compreensión
Estar completo el corazón
Es besarnos, perdonarmos
Es un tesouro, un gran regallo
Solo importa tu amor, dámelo
Aqui estoy
La fuerza mayor
Esta en el amor
Es interior
La meta es darlo
Deberas mostrarlo
Sin razón
Con el corazón
La fuerza mayor
Esta en el amor
Es interior
La meta es darlo
Deberas mostrarlo
Sin razón
Con el corazón

__
Há palavras de facto, FANTÁSTICAS!!

terça-feira, 10 de novembro de 2009

_Gripe A_

Desta vez...chegou-me a mim... Pois é, hoje foi confirmado o meu caso de gripe A! Restam-me 7 dias fechada em casa, com medicação...e esperar desesperadamente que o tempo passe...

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

_Estágio SCMP - HP_

(Helena, eu, Susana e Fst Elisabete - falta a Fst Filipa e a Lurdes)
Ao longo destes 4 anos de formação do curso, passei por vários locais de estágio, onde além da vertente de aprendizagem direccionada ao curso, aprendi com muitos pacientes com quem convivi, onde presenciei verdadeiras lições de Vida...tal como presenciei outros com grandiosas forças de lutar, como até antes nunca tinha imaginado. Além dos pacientes, convivi com os fisioterapeutas que me orientaram...onde em alguns (poucos) locais o ambiente ao longo do estágio foi de facto muito motivador, ao contrário de outros locais por onde passei, que encontrei pessoas...de difícil relacionamento.
Acabei hoje um estágio, que realizei durante 6 semanas, que foi de facto interessante não só no aspecto profissional e de aprendizagem, mas no que se refere ao relacionamento com as pessoas com as quais tive oportunidade de conviver. Pessoas essas, que me conquistaram, por certas e determinadas atitudes...e cada uma à sua maneira, vai deixar saudades!
Foi se calhar, de todos os estágios que fiz até hoje, o que me senti mais à vontade com as pessoas com quem convivi, tendo estabelecido um maior contacto de proximidade com algumas delas...e arrisco até dizer, ter criado algumas amizades, que acredito que poderão durar, apesar da distância que brevemente se instalará!
Não só em termos de relações humanas, mas em termos de aprendizagem...foram 6 semanas muito positivas, onde destaco um aspecto importantíssimo para mim, que começei a ultrapassar melhor neste estágio, que é falar para um grupo de pessoas!
Aqui deixo um agradecimento especial à Helena, à Fst Elisabete, Susana, Lurdes, Fst Filipa, à TO Paula e claro...à minha colega e amiga Joana Sousa, por estas interessantes e recordáveis 6 semanas que passei na vossa companhia!
Obrigada pelos momentos que convosco passei...
Um dia, voltaremos a nos encontrar...
_
Joana Carvalho, 6-11-09

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

_Um sorriso...um abraço..._

(Imagem tirada do google - Machico - Madeira)

Aproxima-se um dos últimos regressos à Madeira, antes do regresso definitivo...o que quer dizer, que o final desta etapa aproxima-se, finalizar o curso! Uma viagem de 4 anos, muito amarga e que vai deixar poucas saudades, como já muitas vezes referi anteriormente...mas tenho a certeza que no dia em que regressar definitivamente, sentirei cá dentro, que apesar de tudo, valeu a pena... Não sei onde fui encontrar forças para continuar, depois de o Mundo se ter desfeito, mas acho que à força que sempre me transmitiste Mãe, no exemplo de mulher e mãe que foste...e no sorriso e abraço que imagino muitas vezes que me darias, ao me receberes no final de toda esta etapa!

Agora, perante esta triste realidade, em que não terei a tua presença física na minha chegada, imagino esse dia com um grande abraço no papá, e entre uma grande felicidade por poder finalmente regressar a casa, tenho a certeza que sentirei um aperto no coração, por não sentir o calor do teu abraço e a energia do teu sorriso.

Várias vezes me pediste para nunca desistir do curso, porque onde estivesses irias ficar muito contente quando eu o acabasse, e assim o fiz...não desisti Mãe, apesar de ter sido muitas vezes, essa a minha vontade!

Só queria um sorriso e um abraço teu...quem sabe um dia... Adoro-te!

Joana Carvalho, 4-11-09


segunda-feira, 2 de novembro de 2009

_Obrigada_

Por vezes não precisamos meses, ou talvez anos para perceber o valor das pessoas...
Gestos ou poucas palavras, valem mais do que mil palavras, e muitas vezes, conseguem demonstrar muito do que somos! Há experiências, que de facto são enriquecedoras em muitos aspectos... Podemos conhecer outras pessoas, aprender com elas, e ouvir muitas lições que nos conseguem ensinar com a sua experiência de Vida.
Um sorriso, uma palavra...a forma como me recebeu sem me conhecer de lado nenhum, mas somente pelo convívio de algumas horas...
Já é sabido que eu do Porto, e destes 4 anos não terei saudades, mas sem dúvida alguma não esquecerei algumas das pessoas que cá conheci...e que com os seus simples e verdadeiros gestos me conquistaram! Não só pelas coincidências que ambas sabemos, mas sobretudo pelo seu sorriso, toda a sua vivacidade e coração com que sempre me abordou e recebeu na sua casa, não a esquecerei!!
Obrigada Helena!
__
Joana Carvalho, 2-11-09

domingo, 25 de outubro de 2009

_Amigos?!_

Julgava eu que levava daqui (Porto) alguns amigos, mas tenho chegado cada vez mais à conlusão que não... Amigos que não fazem questão de estar juntos?! Que em 1001 ocasiões, arranjam 1001 desculpas?
Vou daqui sem certezas de amizades, infelizmente, pois...a prova será feira quando a distância se colocar, e aí poderei contabilizar realmente, que amigos levo comigo destes 4 anos...
Outros, já nem levo para essa prova, porque simplesmente ficarão por aqui, uma vez que tenho chegado à conclusão que têm sido amigos de ocasião, de interesse...e quando assim é...não deixam saudade!
__
P.S: Há excepção de somente 2 ou 3 pessoas...

sábado, 24 de outubro de 2009

_Cansada..._

Sinto-me cansada da rotina destes 4 anos, que foram os piores da minha vida...
Que a felicidade retorne quando eu for de vez para a Madeira. Sinto-me até cansada da Vida!

Joana Carvalho, 24-10-09

sábado, 17 de outubro de 2009

_Esperas?_

"Esperas por mim?!
E se tu fores parar a um lugar estranho, como te encontro?
Acredito que voltarei a encontrar-te..."
in film Para a minha irmã
__
Aconselho a que vejam o filme que se encontra em exibição nos cinemas: Para a minha irmã...

sábado, 10 de outubro de 2009

_Hoje, porque amanhã pode ser tarde..._

(alguns (poucos), elementos da minha familia do lado da minha mãe, depois do habitual almoço de Natal em 2008)

Reune todo os que amas enquanto vives, pois...nao sabes, se o poderás fazer, um dia quando partires! Arproveita e diz-lhes o quanto são importantes na tua Vida...!

Joana Carvalho, 9-10-09





sexta-feira, 9 de outubro de 2009

_........._

(imagem retirada do google)
"Perturbação caracterizada por hesitação repetitiva, e demora na emissão das palavras ou pelo prolongamento anormal dos sons. Fá-lo com medo de o fazer.
Há portanto várias causas para tal, como há a considerar um choque emocional ou uma experiência traumática negativa. Desde que se exprima sem constrangimento, as perturbações diminuem e até mesmo desaparecem. Quando as pessoas o fazem, estão sozinhas ou sem sentir-se inseguras, fá-lo sem bloqueios.
Isolados, estes não têm problemas, ou também raramente ocorrem, quando cantam ou durante uma leitura em coro, possivelmente porque têm menos comunicação. Muitas vezes estas pessoas recorrem a determinadas estratégias pessoais para contornarem esta situação, tais como a lentificação do discurso, usam sinónimos para a palavra desejada, que sabem de antemão que possivelmente vão ter dificuldades na sua produção. Estes inidividuos sentem muitas vezes medo de falar, sendo que podem evitar situações tão simples como pedir um café ou conversar com amigos".
__
P.S: Começo a chegar ao ponto de arranjar estratégias, sinónimos para muitas coisas e até mesmo evitar pedir um simples café! :-(


segunda-feira, 5 de outubro de 2009

_20 meses_

O tempo voa sem nos darmos conta, os momentos…esses, ficam guardados para sempre, num lugar muito especial… Conseguiste dar um novo contorno de felicidade à minha vida, e uma nova esperança de que é possível voltar a sorrir e ser feliz, mesmo depois de o Mundo se desfazer.
O teu sorriso, a tua companhia, o teu olhar, as tuas palavras…transmitem-me e transformam a minha vida, muito mais do que aquilo que tu imaginas.
Hoje marcam 20 meses, depois do nosso primeiro beijo…e assinalam os primeiros 20 meses, dos muitos que quero viver ao teu lado…e um dia juntá-los e poder dizer que vivi uma Vida…a MINHA Vida, a teu lado e denominá-la: a NOSSA Vida!
Amo-te Filipe!
...Fazes todos os momentos valerem a pena, além de os tornares inesquecíveis...
OBRIGADA por me teres feito novamente sorrir, quando a minha vontade era chorar e virar costas para a Vida!

domingo, 27 de setembro de 2009

_Por breves momentos..._

...pensei que tinhas voltado! Esta noite sonhei contigo mãe, e no sonho tinhas voltado...! Estava eu a dormir, quando ouço algum barulho em casa, levantei-me e quando fui ver eras tu... Lembro-me que estavas com umas calças vermelhas, com um sorriso ternurento e brilhante que sempre te caracterizou...tinhas ido ao meu quarto ver se eu ainda estava a dormir. Tinhas estado muito tempo longe de casa, mas afinal não tinhas morrido...e explicaste-nos que onde estiveste não te deixavam telefonar, nem entrar em contacto com ninguém...e na primeira oportunidade que tiveste, fugiste para voltar a casa e estares de novo connosco!
Num outro momento do sonho, estavamos as duas a passear pelas ruas do Funchal, pelas lojas...como muitas vezes fazíamos as duas...e a determinado momento eu até te disse: mamã, aqui nesta porta é onde a mãe do F. vem para arranjar as unhas, tem um cabeleireiro no cimo destas escadas...e tu sorriste!
__
Por mais um breve momento, tive-te de volta, e pensei eu que para sempre, e que nunca mais te iríamos perder... Infelizmente, uma vez mais não passou de um sonho! Engraçado que só conheci o F. depois de teres falecido...e no sonho, referi-o a ele e à mãe, como se os tivesses conhecido... Mas acredito que onde estás, já viste as pessoas maravilhosas que são...e que me têm apoiado muito em tudo, e feito muito feliz!!
Foi bom ter-te por perto mãe...quem me dera que fosse real e não um simples sonho... Quem me dera poder abraçar-te novamente, sentir o teu cheiro, ouvir a tua gargalhada, contemplar o teu magnífico sorriso...e poder acordar com o teu beijinho... ADORO-TE Mãe!!! Tenho muitas saudades tuas...

sábado, 26 de setembro de 2009

_Se eu fosse..._

...um animal - pássaro (andorinha);
...um objecto - almofada;
...uma estação do ano - Verão;
...uma planta - palmeira;
...um meio de transporte - carro;
...rica - compraria um avião (nesta fase da minha vida, para poder estar frequentemente na Madeira);
...uma cor - azul;
...uma parte do corpo - boca;
...uma figura pública - Simone de Oliveira;
...uma profissão - arquitectura;
...uma comida - lasanha;
...muito velhinha - reunia todos os que amo, em jeito de despedida;
...uma palavra - amo-te;
...um ou uma atleta de alta competição - Cristiano Ronaldo (pela sua determinação) e Kim Clijsters (jogadora de tennis);
...um brinquedo - bola;
...um número - 4;
...uma estrela - Sol;
...uma peça de roupa - sapatilhas;
...um país - Itália;
...um mês - Dezembro;
...uma flor - rosa.

domingo, 20 de setembro de 2009

_...._

(imagem retirada do google)



- Estou FARTA de viver no Porto,
- ODEIO viver no Porto, e 99% do que o envolve,
- 4 anos que se resumem aos PIORES anos da minha Vida,
- Só vejo a hora de ir embora, e de nunca mais voltar aqui...
- Oh tempo, passa depressa para que chegue o dia em que eu possa dizer: Até nunca mais Porto...


- Se estas 4 paredes que me rodeiam falassem, acho que mais do que falar, elas chorariam comigo!!!
(imagem retirada do google)

Joana Carvalho, 20-9-09


domingo, 13 de setembro de 2009

_Outros tempos..._

Tenho sentido saudades de sentir-me criança, andar... olhar para um lado e outro, e ver as vossas mãos a envolver as minhas...
Sem preocupãções, acreditar nos impossíveis...e viver com o pensamento de que sempre vos teria pertinho de mim! O ser humano não está preparado para viver o Último Adeus, muito menos daqueles a quem chamamos Pais, e que inigualavelmente nos amam de uma forma incondicional e única!

_Perguntas...e mais perguntas..._

O tempo passa, e as perguntas sem respostas são cada vez mais...
-Onde será que estas?
-Como estás?
-Será que nos voltaremos a encontrar? (é o meu maior sonho, que espero um dia realizar...)
Questões que para muitos, tem respostas óbvias talvez... Mas, nos dias de hoje, fala-se em tanta coisa, que pensamos...no que havemos de acreditar?!
Joana Carvalho, 3-9-09

_Recordações_

Cada vez que vou visitar-te ao cemitério, as recordações do dia do último adeus vão sorrateiramente entrando, infiltrando-se sobre o vazio que automaticamente se instala cada vez que lá chego perto de ti...
Joana Carvalho, 3-9-09

_...medo..._

Às vezes tenho medo que o tempo desfoque a tua imagem dos meus pensamentos... Sei lá, tudo é tão estranho neste Mundo, e chego cada vez mais à conclusão que nem o nosso organismo controlamos...
Joana Carvalho, 3-9-09

_Sem regresso_

Partida sem regresso
Um fechar de olhos,
Sem ter sido dito um último adeus,
Uma última batida do teu coração, que ecoa nos nossos...
Que sufocam pela tua partida, de uma viagem de quatro meses de sofrimento!

Joana Carvalho, 3-9-09

terça-feira, 18 de agosto de 2009

_Amargo VS doce_

Com a tua partida, a Vida tornou-se numa viagem cada vez mais intercalada entre o amargo e o doce!

_À tua procura..._

Continuo a procurar-te no meu dia a dia... Não me peças, para não o fazer, pois é mais forte do que eu, e as torturantes saudades levam-me a essa constante procura por ti.
Caminho por verdadeiros labirintos, em busca de respostas sobre a tua revoltante partida... Estes parecem não ter fim, e jamais as respostas que eu tanto queria.
Questiono-me cada vez mais, sobre qual a lógica em que vivemos? O que cá viemos fazer? E se temos de viver a torturante saudade pela distância que nos separa dos que mais amamos...sobretudo pelos nossos pais?!

_Será que recebes cartas?_

Se soubesse que onde estás recebias cartas, teria escrito já milhares delas, desde o dia que nos deixaste... As novidades acumulam, mas quando elas nem existem, mander-te-ia na mesma uma carta só para enviar-te um milhão de beijinhos repletos de saudade da tua filha que te adora, cada vez mais...

_Ritmo_

A vida continua ao mesmo ritmo, e sem parar para esperar por aqueles que por um motivo e outro a vivem mais devagr... Os dias ora frios, ora quentes caracterizam-se sobretudo pelo continuo vazio de vida, de energia...que a tua presença física significava. Dias que se preenchem pelo recordar de imensas coisas, pelo idealizar de outras tantas...e pelo sonho por muitas outras, que sem ti, não sei se será possível a sua realização!
Dias muito felizes, que se contrastam com outros completamente vazios...ou melhor...repletos de interrogações, sonhos e muitas recordações de um passado que continua claro!
Porquê, ter de continuar a viver sem ti? Sem o teu abraço pela vitória...sem a ta mão para me levantares na derrota...
Que um dia estejamos juntas, mas para SEMPRE...é um dos meus muitos sonhos...

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

_Sinto-me...triste..._

A saudade aproxima duas pessoas que outrora tiveram juntas, mas entristece o coração de quem lembra...
Joana Carvalho, 16-8-09

segunda-feira, 13 de julho de 2009

_O regresso das lágrimas..._

(imagem retirada da net)
Acabei a noite de ontem a chorar, como já há algum tempo não acontecia. A saudade levou-me até ti e trouxe a recordação de variadíssimos momentos que passamos juntas... Admirar a essência do teu sorriso através de uma simples foto, recordar a tua maneira de ser, de estar...simplesmente falar sobre ti, entre família...amigos... Faz "acordar" a revolta que sinto dentro de mim, por tudo o que sofreste e por te ter perdido para sempre!
Sinto muito a falta do teu carinho, do teu insubstituível e inigualável amor. Desde o dia em que partiste, tem sido uma luta constante, tentar sobreviver sem ti, sem o teu calor humano, sem o som da tua voz, o teu cheiro..sem a energia da tua presença física...
Sabes o que me tem custado muito, Mãe?! Não ter os teus abraços, os teus beijos, o teu magnífico sorriso...após cada vitória que tenho alcançado, mais do que não ter a tua mão para me levantar cada vez que estou mais triste...
É complicado lutar contra o meu impulso de querer pegar no telemóvel para falar contigo, para contar-te as novidades que gostaria que soubesses...
Acreditar que algures onde estás, ouves tudo aquilo que interiormente te conto?! Talvez... Se realmente isso acontece, faz o que poderes para que o meu maior desejo se realize...em relação a outra pessoa que cá deixaste a sofrer com a tua ausência, e muito!! Eu sei que tu sabes o que é, pois tu própria também o desejaste, pouquíssimo antes de nos deixares...
Vivo na esperança do nosso reencontro!! Até um dia, Mãe...

sábado, 11 de julho de 2009

_Dream_

(A bordo de um Citroen C2 de Rally - 9/2/2008)
A dream? Liked to have felt the chill caused by many applause after a performance in a sport, which loved to have been federated... It was to be made! Of the many dreams that have to be federated in a sport, it is perhaps the greatest of them all ... (besides the undeniable dream I still have hopes to hold...rally)
__
Um sonho?! Gostava de ter sentido o arrepio causado por muitos aplausos após uma actuação, numa modalidade desportiva, à qual adorava ter sido federada... Ficou por realizar! Dos muitos sonhos que tenho, ser federada numa modalidade desportiva, é se calhar o maior de todos eles... (além do indiscutível sonho que ainda tenho esperanças de realizar... rally)
_
Joana Carvalho, 11-7-09

quinta-feira, 9 de julho de 2009

_Michael Jackson - You are not alone_

It certainly what my mother would say, and be sure to say where I feel most sad: you are not alone, I'm here with you forever...I love you!

segunda-feira, 6 de julho de 2009

_Asas_

Se a vontade ganhasse asas, estaria contigo neste momento Mãe, a abraçar-te...com todas as minhas forças, pois dizem que estás no céu... Não sei, tendo em conta que contrariada entreguei-te à terra...

_Se..._

Se estas quatro frágeis paredes que definem a minha temporária casa, nesta deprimente cidade, falassem...contariam muitas lágrimas que foram derramadas ao longo dos piores quatro anos da minha vida, e gritariam certamente socorro (como milhares de vezes foi feito silenciosamente por mim), para que me levasse para a Madeira, e aqui nunca mais voltasse...

_Sinal..._

Cada vez que nos sentissemos tristes, sem força para gritar...aos que nos são próximos, devia ser transmitido um "sinal" que alertasse a nossa ferida interior, e que por momentos o simples "colo" que nos davam em criança, poderia ajudar a sarar a ferida...

_Às vezes..._

...sinto-me como a definição da incerteza!!

_Sonho_

Já que nunca concretizei o sonho de ser federada numa modalidade desportiva, que um dia realize o sonho de uma vida: fazer uma prova de rally!

_XL_

Será que toda a Vida as pessoas têm de continuar a dar opiniões sobre o aspecto físicos dos outros?! Tás gordinha, tens de fazer uma dieta, etc... Chega!!!
Além do mais, que as pessoas vêm-se ao espelho e não precisam de cornetas sempre a zunir os ouvidos. Nem tudo nasceu para ser magro! Agora... podiram era fazer roupas de varíadíssimos tamanhos e não somente para magros! Não vivemos propriamente num mundo de gente esquelética...

quinta-feira, 2 de julho de 2009

_Pensamentos que voam até ti..._

(Foto by: Joana Carvalho)
Eu só posso imaginar, o que podia ser
Se eu te podesse abraçar, se eu te podesse ter
_
Qual o caminho que irá dar
A esse teu Mundo, onde eu queria encontrar-te?
E tantas vezes eu já sorri
Só por lembrar-me, só por pensar em ti
E eu só posso imaginar o que podia ser
Se eu te podesse abraçar, se eu te podesse ter...
_
Mas tantas vezes eu já chorei pelas saudades que tenho por ti
Pelo que um dia fomos...
E que nunca mais seremos,
Somente quando nos voltarmos a encontrar nesse teu Mundo...
_
Adoro-te Mãe!
__
(Música de Rita Guerra - Secretamente, com algumas adaptações minhas)

quarta-feira, 1 de julho de 2009

_VITÓRIA_

Mais uma VITÓRIA dedicada a ti MÃE!!!!!!!

_Passado VS Futuro_

Saudades dos dias, que longe já lá vão... Revolta pelos muitos anos que ficaram por viver! Até um dia Mãe...

segunda-feira, 22 de junho de 2009

_Uma amiga para a Vida..._

Respondendo ao "Hoje não escrevo sobre mim...hoje escrevo sobre ela e para ela: Joaninha", escrevo assim para a Christiana, uma amiga para a Vida!
Na recordação, surgem os dias longe que já lá vão, em que brincávamos juntas; a cumplicidade dessas aventuras… O tempo esse, foi passando tão rápido, sem que talvez déssemos conta disso mesmo.
Os nossos rumos foram opostos, essas escolhas separaram-nos por muito tempo…mas engraçado que depois desse tempo, ambas tínhamos essa noção e queríamos mudar essa realidade. Tão depressa o tempo no passado nos afastou, como tão depressa nos voltou a juntar, como que em miúdas.
Ao longo de 20 anos, muitas pessoas conheci, amigos fiz…mas amigos especiais, são poucos os que hoje tenho. Ao longo desses anos, fui começando a dar importância a outras coisas que inicialmente não dava, aprendi a ver muitas outras de outra forma, os obstáculos da Vida proporcionaram-me também essa outra visão das coisas…e da própria Vida.
Hoje, num Mundo cada vez mais cruel e desumano em que vivemos, vejo que tu, de todas as pessoas que conheci até hoje, és das únicas (se não a única) que dá realmente importância às coisas simples da Vida, que acredita em pessoas especiais…, “gosto de pessoas que sabem dar carinho, atenção e aquele abraço apertadinho na hora certa”, “gosto de pessoas que se entregam, que choram e riem sem vergonha”…
Se acreditas nas pessoas que sabem dar carinho, tu és uma dessas e das principais, pois só a maneira como te expressas já transmites isso…tranquilidade, doçura, simplicidade, humildade… Um conjunto de valores tão especiais, que nos dias de hoje, se torna cada vez mais raro encontrá-los numa só pessoa.
Se a ti, te felicito pela pessoa que és, pela personalidade que em ti “transportas”, igualmente felicito a tua mãe pela fantástica filha que criou e educou… Tens sempre uma palavra amiga, de conforto, de carinha a dar em qualquer que seja o momento… O teu sorriso e olhar, transmitem também tudo isso e quem realmente os souber ler, cedo perceberão que estão perante alguém excepcional com muito carinho para dar e com uma amizade sincera e verdadeira para partilhar.
Quanto à Soraia, bem se pode considerar uma sortuda por ter uma irmã como tu…
Gosto sempre de falar contigo, pois transmites tranquilidade, serenidade, carinho nas tuas palavras e és daquelas raras companhias, que nem damos conta do tempo passar.
Nunca mudes, és uma amiga fantástica… Obrigada pela tua amizade!!
Admiro a força que sempre encontras para enfrentar tudo e mais alguma coisa, para ajudar tudo e todos com a tua serenidade que te caracteriza, mesmo quando em momentos a tua vontade, é estar sozinha no teu Mundo…
A nossa amizade, é sem dúvida um bom exemplo de que a distância não apaga, nem esquece…mas quando os sentimentos são verdadeiros, consegue fortalecê-la ainda mais!

Obrigada pela amiga fantástica que és!!

sábado, 20 de junho de 2009

_Se o amanhã..._

...nunca chegasse...o que me dirias?

_Recordar através da música_

Mãe
- Il Divo - Mama
- Alanis Morissette - That would be good
- Whitney Houston - I will always love you
- Coldplay - The Scientist
- Boss Ac - Que Deus
- The Gift - Fácil de entender
- Era - Mother
- Evanescence - My imortal
- Melanie C - First day of my life
__
Pai
- Madredeus - Haja o que houver
- Madredeus - A barca da fantasia
- Delfins - Sou como um rio
- Buena Vista Social Club (Coldplay) - Clocks
- Vanessa da Mata - Boa sorte
__
Amor
- Magrela - Pensa em mim
- Timbaland - Apologize
- Anastacia & Eros Ramazzotti - I Belong to you
- DHT - Listen to your heart
- Hands on approach - Tão perto e tão longe
- Adelaide Ferreira - Dava tudo
- D'Black - Sem ar
__
Ricardo
- Josh Groban - February
- James Blunt - Tears and rain
__
Infância/Adolescência
- Celin Dion - Thin Twice
- Cher - Believe
- Daniel Bendingfield - If you are not the one
- Delfins - Nasce Selvagem
- Delfins - Um lugar ao sol
- Delfins - Soltem os prisioneiros
- Dulce Pontes e Adelaide Ferreira - Papel Principal
- Eros ramazzoti - Piu Bella Cosa
- GNR - Dunas
- Laura Pausini - Non'ce
- Laura Pausini - La solitudine
- Oasis - Stop Crying your heart
- Paulo Gonzo - Jardins Proibidos
- Pedro Abrunhosa - Se eu fosse um dia o teu olhar
- Pedro Migueis - Será sempre um olhar
- Robbie Williams - Angels
__
Marco Rodrigues
- Manic Street Preachers - If you tolerate this
- Manis Street Preachers - The everlasting love
- U2 - Beautiful Day
__
Christiana
- Dream on girl
__
Filipa
- Ivete Sangalo - Poeira
- Fingertips - Picture of my own
- Eros Ramazzotti - Musica é
__
Férias em Lisboa
- Christophe Maé - Mon Paradis
- Christophe Maé - On S'attache
- Christophe Maé - Belle Demoiselle
- Gabriele - Out of reach
- Gabriele - Walk on by
- Gabriele - Sunshine
__
Alberto
- Bryan McFadden - Demons
- Mika - Relax
- Hands on approach - If you give up
- Rita Guerra - Sentimento
- Josh Groban - February Song
__
Ingrid
- Monrose - Even Heaven cries
- Ben harper - Waiting for an angel
- Katie Melua - I cried for you
- Katie Melua - Call of the search
__
Claudinha
- Bob Sinclair - Shining from heaven
- Bob Sinclair - Freedom
- Reggaeton - Dale don dale
__
Filipe Medeiros
- Ska - Cannabis
__
Joana Sousa
- Papas na Lingua - Eu sei
- Marina Elali - One last cry
__
Rafael
- Linkin Park - My December
__
Fabiana
- Lil's Star - Kelis
__
Pedro
- Shayne Ward - Back at one
- Shayne Ward - Stand by me
- Amigo
__
Joana Catarina
- Ivete Sangalo - Poeira
__
Porto
- Além Mar - Noites sem ti
- Anne Murray - you need me
- Jamie Cullum - Everlasting love
- João Pedro Pais - Horas do tempo
- Michale Bublé - Home
- Papas na Língua - Eu sei
__
Viagem de Finalistas (12º ano) - Canárias
- James Blunt - Tears and rain
- Chemical Brothers - Galvanize
- Danzel - Pump it up
__
Estágio SCMM
- REM - Everybody hurts
- REM - Losing my religion
- The Pussycat Dolls - I Hate this part right here

__

Músicas que trazem recordações, saudades de pessoas que um dia passaram na minha vida, de momentos vividos, de locais por onde passei... Músicas que estava a ouvir no momento em que estava a falar com essas pessoas, ou que pela letra da música me fazem lembrá-las, ou músicas que estava a ouvir em locais onde estive. Sem dúvida que através da música podemos viajar no tempo...

sexta-feira, 19 de junho de 2009

_"A minha filha está viva, graças à sua mãe..."_

Depois de duas semanas de férias, na Páscoa, eis que dia 20 de Abril comecei em estágio na SCMM…o MELHOR até hoje.
Nos primeiros dias, senti-me pouco à vontade, mas com o convívio, isso rapidamente se inverteu…e vivi quatro semanas fantásticas de estágio. Aos poucos fui conhecendo também os pacientes com quem iria conviver durante todo o tempo que ali me ia encontrar…
Ao ser apresentada a uma das pacientes, como filha da Enfermeira Filipa que ali tinha trabalhado, a senhora em questão imediatamente ficou com as lágrimas nos olhos, afirmando rapidamente: “Peço desculpa…mas, realmente não te conhecia e a tua mãe será uma pessoa que ficará para sempre no meu coração. Uma das minhas filhas hoje está viva graças à tua mãe… Ela era e sempre será uma mulher fantástica!”.
Eu, sem saber ao que a senhora se referia, ao ouvir tais palavras senti um arrepio de saudade, mas ao mesmo tempo de orgulho… As lágrimas teimaram em “bailar” nos meus olhos, mas lá consegui conter-me.
Depressa a paciente, prontificou-se a contar o que realmente se tinha sucedido e referiu: “Estava a vir em direcção à SCMM de carro com as minhas duas filhas, quando a mais velha diz: “Oh mãe, a mana acho que não está bem…”, e rapidamente olhei para trás, quando vejo realmente que a minha filha estava já em situação complicada. Saí muito rapidamente do carro, levei-a nos meus braços e disse à outra minha filha para correr e chamar alguém e eu só gritava por socorro! Não sei como a tua mãe fez, não sei sinceramente se voou…se saltou…não sei, mas sei que ela desceu tão rapidamente as escadas para vir socorrer a minha filha e fê-lo de uma maneira fantástica e é de facto graças à tua mãe, que hoje a minha filha está viva!”
Perante tais palavras, senti ainda mais orgulho na minha mãe…e confirmou-se mais uma vez todo o seu profissionalismo e perspicácia.
A mesma afirmou ainda: “A tua mãe era a única que nos ajudava, a nós auxiliares e quando alguma de nós não estava bem, ela tentava logo ajudar…jamais esquecerei a Enfermeira Filipa, era realmente uma mulher fenomenal!”

sábado, 13 de junho de 2009

_22 anos de..._

Casamento. Pois é... Hoje faz 22 anos que os meus pais se casaram...e eu já estava a crescer dentro da barriga da minha mãe! "Roubei" esta foto, que está no quarto dos meus pais, para colocá-la aqui...
As saudades são muitas, mais que muitas...

quarta-feira, 10 de junho de 2009

_Dias que tardam em passar..._

Meu pai, eu e a minha mãe, quando fui finalista do 12º ano, em Dezembro de 2004.

As lágrimas, revelam a saudade por quem partiu;
O silêncio, a revolta pelo adeus que não foi dito, pelos dias que não foram vividos, pelo abraço que não foi dado...
A dor espelhada no olhar, relembra os dias longos que já lá vão, que preenchem tristemente os dias que hoje tardam em passar!

Joana Carvalho, 25-5-09


segunda-feira, 25 de maio de 2009

_Recordar..._

(Foto tirada em Dezembro de 2004, com a minha mãe, quando fui finalista do 12º)

A saudade invade os momentos vazios, o meu coração fica apertadinho pela dor que sente, por não estares aqui...e as lágrimas teimosamente caiem sobre o meu rosto, que apesar das frequentes gargalhadas verdadeiramente sentidas, interiormente reflecte um rosto marcado pela dor e pela revolta, da injustiça da Vida! Volta Mãe...preciso de ti.

Contigo longe de mim, parece que me falta o ar para viver...


Joana Carvalho, 22-5-09

quinta-feira, 14 de maio de 2009

_Um regresso que trouxe uma surpresa_

(O meu amorzinho e eu, no Madeira MotorShow, debaixo da pista do aeroporto da Madeira)

Como vos disse no post anterior, cheguei dia 5 de Abril à Madeira. Acontece que disse ao meu amorzinho, que só chegaria no fim do dia à Madeira, mas a verdade...é que queria fazer-lhe uma surpresa, e na realidade, aterrei em solo Madeirense perto às 16h. Entretanto, foi a Machico, à minha casa almoçar...e fomos trocando sms's, e eu sempre a convencê-lo com as minhas sms's que ainda estava no Porto a fazer a mala...etc... Entretanto, passado pouco tempo, dirigo-me para a casa dele, onde chego ao quarto dele de surpresa...e aquilo que vi, foi um grande e lindo sorriso, no rosto dele... Foi bem feliz, por me ter perto dele mais cedo...e de surpresa. Adorei ter proporcionado um magnífico sorriso ao meu amor, e ter feito uma surpresa que sempre quis fazer!
Na sexta, dia 3 de Abril, começou debaixo da pista do aeroporto da Madeira, o Madeira MotorShow, que acabou dia 5 de Abril. Claro está...que não tardou muito, e lá fomos nós ver motas, carros, kart's a queimar borracha... Um começo de férias em grande!

(Opel Manta, de Emanuel Caldeira)

_Estou de volta..._


Estou de volta... Depois de duas semanas de férias e quase três de estágio, estou de volta para vos dar novidades. Peço desculpa pela demora, mas tem sido tentar aproveitar todos os segundos dos momentos aqui na Madeira e desde que comecei o estágio o tempo também não tem sido muito para cá vir. Será que me desculpam?

Cheguei dia 5 de Abril à Madeira, para duas semanas de férias da Páscoa, começei a estagiar na Santa Casa de Machico, a 20 de Abril e acabo agora no próximo dia 15 de Maio. Tem sido uma experiência bastante enriquecedora e poder estar em casa, torna tudo bem diferente.

Ao terminar este estágio, começo outro, logo no próximo dia 18 de Maio, que terminará dia 19 de Junho, e será realizado, na Casa de Saúde da Câmara Pestana, em São Gonçalo, Madeira.

Quanto às duas semanas de férias, foram absolutamente fantásticas... Foi aproveitar todos os segundos ao máximo, para estar com as pessoas que amo e que me fazem feliz.

sábado, 9 de maio de 2009

_Novidades_

Antes demais, peço desculpa a todos os visitantes pela minha ausência, mas isto de estar em casa (Ilha da Madeira), e durante mais tempo...é outra coisa, por isso...há que matar as saudades. Prometo novidades, para muito breve. No máximo, até terça actualizarei com muitas...mas muitas novidades.
Obrigada a todos os que me continuam a visitar, e pelas palavras que me têm deixado. Um grande beijinho a todos vós.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

domingo, 29 de março de 2009

_Prémio - Melhor Amiga_

Recebi este prémio da amiga Christiana, que uma vez mais me deixou com um grande sorriso, por mais este miminho.
Repasso agora à:
- Alexandra Sousa,
Obrigada Christiana uma vez, e quanto à Alexandra...Obrigada pela fantástica amizade!!!
__
Repasso também à:
- Isabel Cabral,
- Tibeu,
- Fátima,
- Licas.

segunda-feira, 23 de março de 2009

_Prémio Amizade_

Antes demais, Obrigada Christiana! Sem dúvida o prémio o prémio com mais valor que até agora recebi, não desvalorizando, claro, os outros que até agora me ofereceram. Para além do selo, veio acompanhado com umas fantásticas e doces palavras, de uma grande amiga, a Christiana.
Deixo-vos abaixo as palavras da Christiana, que me proporcionaram um grande sorriso:
"Obrigada por estares sempre presente na minha vida, Obrigada pelo carinho, Obrigada pela sinceridade, Obrigada pela cumplicidade... Obrigada pelos sorrisos e pelas tuas palavras sábias, que aparecem sempre nos momentos certos!Gosto muito de ti querida! Obrigada por seres a pessoa fantástica que és!
Marcadores: Amigas para sempre, desabafos d'alma, Joana Carvalho, Prémio Amizade"
__
É a minha vez de o passar, e já que não posso enviar-te de volta, ofereço-o a uma amiga muito especial, com quem partilho uma amizade que tem muito valor, a Alexandra Sousa. Obrigada por tudo Alxendra...Obrigada por tudo Christiana!

domingo, 22 de março de 2009

_Uma curta viagem..._

Entras num meio de transporte sozinho, seja ele um autocarro, comboio, metro…e impressionante, como quase consegues ler os balões de pensamento das pessoas que o preenchem.
Sozinhos dá-nos para pensarmos também, um pouco sobre a vida, sobre o nosso dia a dia…tornando-se mais fácil, para ler os tais pensamentos das outras pessoas que fazem a viagem ao nosso lado.
Nuns consegue-se ler: “Que belo dia!”, noutros: “Apenas mais um dia com a mesma rotina.”, “Só penso em chegar a casa…”, “Nunca mais chega o fim de semana!” ou até mesmo: “Cansado de cá estar…!”, etc. Vêm-se expressões de cansaço, de felicidade, de aborrecimento…lê-se acima de tudo, em cada rosto, o reflexo de uma vida, que cada vez mais nos cansa…que cada vez mais nos rouba os momentos de felicidade!
Não sei se alguém conseguiu ler o meu pensamento, mas nesse dia, em que regressava a casa de autocarro, o meu balão de pensamento era preenchido com: “Cansada de aqui estar… Adorava, que esta fosse uma viagem com outro destino, num autocarro que por fora levasse as cores de amarelo, verde, castanho…e que empregasse as letras SAM…o que significaria que estaria na Madeira!”, um simples desejo que se fosse verdade, significaria outra felicidade que aqui, não é possível.
Vivo à espera do dia em que direi: Até nunca mais, Porto!

_Prenda - Dia do Pai_

Esta foi a prenda que dei ao meu pai, este ano. Mandei escrever em chocolate, ADORO-TE MUITO, como se pode visualizar na foto acima, e mandei entregar na Madeira. A foto é da autoria de Valdemar Gouveia, a quem agradeço a disponibilidade.

sexta-feira, 20 de março de 2009

19 de Março - Dia do Pai

(Meu pai - foto tirada em 2008, na páscoa)
Agradecer-te como? Com quê? O melhor agradecimento, que acho que te posso dar, é a minha amizade e carinho para sempre. Agradeço-te por tudo ao longo da minha vida, pelo sacríficio que tens e continuas a fazer por mim...
Em alguns momentos que desabafas comigo, não vês...mas as lágrimas correm-me pelo rosto... Mantenho-me calada enquanto falas e para tentar ao máximo que não te apercebas. Custa-me saber que por vezes te sentes sozinho, que tens momentos que te sentes ainda mais sozinho pela ausência da mamã, pelas saudades... Torço todos os dias para que sejas feliz, que bem mereces!
As coisas tornam-se mais complicadas na ausência da mamã, mas felizmente tivemos uma mulher que trabalhou muito na Vida e que nos permite não sentir "a corda no pescoço". Mesmo assim...o sacríficio e a luta têm de continuar, e tu estás a fazê-lo por mim. Fico-te eternamente grata por tudo o que tens feito!
Obrigada por seres o pai FANTÁSTICO que és, e por todos os momentos que passamos juntos, onde reina o bom humor e a brincadeira. A tal relação especial que nós temos que já várias pessoas sublinharam.
Uma das coisas que eu adorava na mamã, era também a relação que eu tinha com ela...e como deves recordar-te, as brincadeiras diárias que nós tínhamos, em que por vezes eu lhe fazia perguntas e também dava as respostas, vice-versa...correr atrás dela pelas escadas acima, etc.
Ao agradecer-te por tudo a ti, agradeço também a ela pela mãe FANTÁSTICA que foi.
Agradeço-vos por tudo o que me ensinaram, e que tu continuas a ensinar...tal como os valores que me ensinaram a defender na Vida!
ADORO-TE Pai...ADORO-TE Mãe!!!

terça-feira, 17 de março de 2009

_Prémio Butterfly_

Este prémio foi-me atribuído pela amiga Christiana a quem deixo um especial Obrigada!
Atribuo-o aos seguintes blog's:
- Nélio;
- Alexandra Sousa;
- Nélio Pereira;
- Licas;
- Isabel Cabral;
- Tibeu;
- Carlinha Fernandes;
- Iara;
- Zequinhas.

domingo, 15 de março de 2009

_Concurso dia do Pai - Diário de Notícias_

O primeiro fruto de um concurso... Resta-me esperar para o resultado final.

_As noites sem ti..._

São muitas as noites que o sono teima em não chegar, e os meus pensamentos centram-se em ti... Um aperto no coração, um sufoco, uma saudade cada vez maior, e inevitavelmente as lágrimas acabam por cair.
A almofada, única companheira que tenho nos meus solitários momentos de saudade, de angústia, de dor...acolhe as minhas lágrimas, que suavemente caiem por ti. Rídiculo ou não, mas por vezes penso que foste fazer uma viagem, e que mais dia menos dia, estás de volta. A cruel realidade sobrepõe-se a inconsciente pensamento, e as lágrimas cobrem ainda mais o meu rosto...
A saudade quase que sufoca o coração, que continua a sofrer com a tua partida. A este misto de sentimentos, juntam-se as recordações dos teus últimos dias, que teimosamente surgem... As horas parecem não passar, o sono vai surgindo pelas lágrimas que mais frequentemente caiem... Adormeço contigo nos meus pensamentos, e com a esperança que os sonhos te tragam para perto de mim. Quero sentir-te envolta nos teus braços, sentir o calor e por momentos, imaginar-me novamente criança e sentir-me protegida, por ti Mãe, como só tu sabias fazer!

_Recordo..._

Recordo...
O teu olhar,
O teu sorriso,
A tua gargalhada,
O nosso último abraço,
O último beijo que te dei,
Os teus preciosos beijinhos de bom dia,
Os teus telefonemas,
A tua voz,
As tuas palavras,
O teu cheiro,
Quando te levantavas cedo só para me preparar o pequeno almoço,
As nossas brincadeiras,
Quando me ias por e buscar à escola,
Quando me telefonavas só para me dizeres que gostavas de mim,
Quando me disseste para não desistir do curso, acontecesse o que acontecesse por causa da doença,
Os teus últimos dias junto de nós,
Os teus últimos desejos,
A tua constante luta,
Quando te ia buscar ao trabalho com o papá,
O teu carinho,
Quando me disseste que tavas grávida dos irmãos que infelizmente não conheci,
Os nossos passeios a três,
Quando me vinhas acordar,
Recordo...a fantástica mãe que foste e és!

_Imagino..._

Imagino...
Dias sem ti,
O teu abraço que gostava de receber,
O beijinho que queria dar-te,
As minhas vitórias sem o teu sorriso por perto,
As minhas derrotas sem a tua mão para levantar-me,
Imagino...como seria o nosso reencontro!

_Quero..._

Quero...
Um dia encontrar-te,
Abraçar-te,
Beijar-te,
Adormecer contigo ao meu lado, como muitas vezes fazias,
Voltar a ouvir-te dizer que me adoras,
Ouvir a tua gargalhada,
Contar-te um segredo,
Quero...voltar a sentir-me criança, e ver-te novamente ao pé de mim...Caminhando de mão dada contigo!

_Procuro-te..._

Procuro-te...
No vento que me refresca,
No som do mar que me faz pensar em ti,
Nas gotas da chuva que trazem um pouco de ti,
No cheiro das tuas roupas que um dia usaste,
Nas músicas que ouvias,
Nos espaços que frequentavas,
No carro que conduzias,
Nas fotos que tiramos,
Nas recordações que eternamente guardarei de uma forma única e especial, no meu coração que continua a chorar por ti!

sábado, 14 de março de 2009

_A realidade que a muitos escapa...em virtude da ganância!_

Por vezes dou por mim a pensar que...viemos a esta vida, para no mínimo sermos felizes... Quando morrermos não vamos levar nada connosco, a não ser aquilo que guardamos no nosso coração ao longo da nossa caminhada. Não sabemos qual é o dia da nossa partida, e no entanto...há pessoas que têm de passar por tanto...há pessoas que são tão crueis...e há aquelas que acabam a viagem da Vida sem conhecer a felicidade, sem conhecer e receber amor...!!!
Vemos cada vez mais uma corrida contra o tempo por causa do dinheiro...para pelo menos termos o que comer e o que vestir...
Há ainda aqueles, que à custa dessa corrida, se calhar muitas vezes, ficam sem conhecer o que é viver, ter a presença e o calor humano de alguém, para simplesmente sair vitorioso nessa corrida, quando no fundo...não levamos nada disso connosco quando partimos!
Uns por ganância, e pelo querer sempre mais e mais...e outros...pela sobrevivência! A oposição...a diferença que cada vez mais, infelizmente se nota.
Dá para pensar: em que lógica esta em que vivemos?!...
Eu sei, se calhar...às vezes penso demais!!

_Prémio - Seu blog é Roxie!_

A Christiana ofereceu-me o selo Roxie, a quem especialmente agradeço. As regras são as seguintes:
1 - Exibir a imagem do selo "Seu blog é ROXIE!" - feito
2 - Escrever 5 coisas que são ROXIE:
a - Sobre música - Coldplay, Eros Ramazzotti, Il Divo, Josh Groban e Robbie Williams,
b - Televisão e Cinema - Super-especial, Caçadores de mitos, Inteligência Artificial, Dr.House e Mente Brilhante
c - Três Países que sonha conhecer - Itália, Austrália e França
d - Três cores favoritas - Azul, Verde e Preto
e - Hobbies - Música, escrever, fotografar e desenhar
4 - Indicar blogs:
--> Tibeu
--> Nélio
--> Isabel Cabral
--> Licas

terça-feira, 10 de março de 2009

_Parabéns avô_

Parabéns avô, farias hoje, 10 de Março, 75 anos. Em setembro deste ano, fará 7 anos que nos deixaste, mas a dor continua presente. A saudade é mais que muita... Sempre que vou à casa da avó e não te vejo, continuo a sentir a tua falta. Tal como a minha mãe, tinhas uma energia contagiante de viver, um sorriso fantástico...e eras um avô fantástico, amigo...muito amigo.
São muitos os momentos que recordamos contigo, pois jamais os esqueceremos. Continuas a ser das estrelas mais brilhantes que compõem o céu e assim continuarás. Peço-te que olhes pela minha mãe, e desejo que os dois descansem em paz e que olhem por nós.
Agora que escrevia isto para ti, reparei que tens um olhar idêntico ao da minha mãe...
__
A 4 de Agosto de 2002 (se a memória não me falha) o meu avô materno, José Nunes, deu entrada no Hospital, onde teve de ficar internado... Os sintomas agravaram-se e foi diagnosticado cancro nos pulmões que o levaria a falecer dia 4 de Setembro de 2002.
Passados 14 dias (18 de Setembro de 2002), o seu neto nascia...mas...não foi a tempo de o conhecer, infelizmente.
No dia em que o meu avô deu entrada no Hospital, disse: "A minha Vida acaba hoje aqui...". O meu avô era uma pessoa muito activa, muito alegre, sociável...
Tal como todas as partidas das pessoas que amamos, esta foi muito difícil. Jamais me esquecerei que telefonaram do Hospital, dia 4 de Setembro de 2002, às 6h e tal da manhã para a minha casa para dar a notícia do seu falecimento. Pela hora já começamos a estranhar, e assim que a minha mãe atende o telefone, começa a chorar...e aí percebemos logo o que se passava.
Adoro-te avô, até um dia...
__
Partiste e deixaste-nos com muita dor,
Passaram-se quase 7 anos e...
Continuamos a recordar-te!
Foste e serás um avô exemplar,
Peço-te que olhes pela minha mãe
E sempre a protejas,
Para que tenha o seu merecido descanso em paz, tal como tu bem o mereces!
Da tua neta que te adora e que jamais te esquecerá!







_Prémio/Desafio_

Recebi este prémio/desafio da amiga Tibéu a quem agradeço não só por isto, como pela amizade.
As regras são as seguintes:
1 - Dizer o nome da pessoa que enviou o prémio;
2 - Dizer 3 coisas boas e 3 coisas más sobre a minha vizinhança (ou sobre o local onde moro);
3 - Reencaminhar o prémio/desafio,
As 3 coisas boas da vizinhança:
- Moro pertinho de tudo, e o mais importante...da família,
- É um local calmo e bom de se viver,
- É um local bem movimentado, algo que eu gosto.
As 3 coisas más da vizinhança:
- As pessoas metem-se muito na Vida uns dos outros, e muitas vezes criam juízos de valor errados,
- É uma zona com vento muito frequente,
- As pessoas conhecem-se muito umas das outras, o que por vezes é demasiado.
___
Agora desafio:
- Nélio
- Isabel Cabral
- Licas