sexta-feira, 19 de junho de 2009

_"A minha filha está viva, graças à sua mãe..."_

Depois de duas semanas de férias, na Páscoa, eis que dia 20 de Abril comecei em estágio na SCMM…o MELHOR até hoje.
Nos primeiros dias, senti-me pouco à vontade, mas com o convívio, isso rapidamente se inverteu…e vivi quatro semanas fantásticas de estágio. Aos poucos fui conhecendo também os pacientes com quem iria conviver durante todo o tempo que ali me ia encontrar…
Ao ser apresentada a uma das pacientes, como filha da Enfermeira Filipa que ali tinha trabalhado, a senhora em questão imediatamente ficou com as lágrimas nos olhos, afirmando rapidamente: “Peço desculpa…mas, realmente não te conhecia e a tua mãe será uma pessoa que ficará para sempre no meu coração. Uma das minhas filhas hoje está viva graças à tua mãe… Ela era e sempre será uma mulher fantástica!”.
Eu, sem saber ao que a senhora se referia, ao ouvir tais palavras senti um arrepio de saudade, mas ao mesmo tempo de orgulho… As lágrimas teimaram em “bailar” nos meus olhos, mas lá consegui conter-me.
Depressa a paciente, prontificou-se a contar o que realmente se tinha sucedido e referiu: “Estava a vir em direcção à SCMM de carro com as minhas duas filhas, quando a mais velha diz: “Oh mãe, a mana acho que não está bem…”, e rapidamente olhei para trás, quando vejo realmente que a minha filha estava já em situação complicada. Saí muito rapidamente do carro, levei-a nos meus braços e disse à outra minha filha para correr e chamar alguém e eu só gritava por socorro! Não sei como a tua mãe fez, não sei sinceramente se voou…se saltou…não sei, mas sei que ela desceu tão rapidamente as escadas para vir socorrer a minha filha e fê-lo de uma maneira fantástica e é de facto graças à tua mãe, que hoje a minha filha está viva!”
Perante tais palavras, senti ainda mais orgulho na minha mãe…e confirmou-se mais uma vez todo o seu profissionalismo e perspicácia.
A mesma afirmou ainda: “A tua mãe era a única que nos ajudava, a nós auxiliares e quando alguma de nós não estava bem, ela tentava logo ajudar…jamais esquecerei a Enfermeira Filipa, era realmente uma mulher fenomenal!”

4 comentários:

Licas disse...

Vês Joaninha
Como dos bons fica sempre algo quee nos faz chorar de alegria.
Parabéns pela mãe que Tens.

Espero que os exames te corram bem. Na semana se 5 a 12 estarei por cá e vou entrar em contacto contigo para tomarmos o nosso café ou o nosso gelado. Ok?
Beijinhos
Licas

Tina disse...

Olá Joaninha! Parabéns pela mãe que tiveste! Pela tua vida fora irás ter mais momentos destes, como o que vivenciaste agora, podes estar ciente! E ela, de onde estiver, ficará feliz, por saber que estás a partilhar todos esses momentos por ela vividos, com todo o orgulho.....ela ficará contente e sempre te irá acompanhar...será como teu "Anjo da Guarda" lá no Além! Fica com Deus...e lembra-te que "Recordar é Viver"....e recordando-a, viverás com ela no teu coração....ETERNAMENTE! Que a tua FÉ te ajude a percorrer estes caminhos terrenos...porque cedo, já começaste a sentir os seus espinhos muito fortes, cravarem-se na tua alma.... És uma mulher valente! Força nos teus estudos! E tudo de BOM para ti, porque mereces! Beijinhos.

Soraia Teixeira disse...

Joaninha:

muito sinceramente, eu não tenho muito jeito para estas coisas mas queria-te dizer que a tua mãe está bem e a olhar por ti e atenta e orgulhosa de todas as tuas vitórias e que deve ter sido realmente uma pessoa fabulosa.
Beijinhos grandes desta tua amiga , Soraia.

Célia Pitta disse...

Orgulha-te pela Mãe Fantástica Que TENS.. Sim tens ! Porque esteja ela Onde estiver continua-te a apoiar com aquele que nós chamamos de 6º Sentido. E também tenho a certeza que ela fez de ti Uma Grande Mulher ! *