quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

_Sempre te procurarei..._

Olho o céu e procuro o brilho do teu olhar,
Por entre o silêncio da noite,
Espero ansiosa e desesperadamente ouvir o som da tua voz...
Na brisa da noite, que arrefece o meu coração
Espero pelo teu insubstituível e aconchegante calor de brilhante mãe que foste e eternamente serás!
Joana Carvalho, 13-1-2010

1 comentário:

bravo disse...

Perdi-me na imensidão deste mar feito de lágrimas mas fiz do meu coração a bússola para me encontrar nestas águas.
Força Joana.

Bravo