segunda-feira, 22 de setembro de 2008

_Dia da Mãe_

Desde o dia em que partiste...
Um grito desesperante,
Uma revolta que nasceu,
Um respiro sufocante...
Um dia particularmente triste, como devem imaginar... Dia de muitas recordações e saudade. Aquilo que mais queria, era ouvir novamente a tua voz, sentir as tuas mãos no meu rosto...encostar-me a ti...isso sim, seria o meu gosto. Deves certamente ter "visto" o quanto chorei e o tempo que estive "vidrada" a olhar para uma foto tua...
Sei que não me queres triste, mas as saudades por ti, são mais que muitas e controlá-las, torna-se tarefa difícil.
A montagem acima apresentada, foi a minha prenda para a minha mãe...sendo mais uma forma de lhe demonstrar o quanto sinto orgulho nela, o quanto é especial para mim e que nunca a esquecerei.
Obrigada por tudo, Mãe!
Joana Carvalho, 4-5-08

2 comentários:

Sílvia Silva disse...

Joana logo que vi a foto veio-me as lagrimas aos olhos,mas é natural pois quando alguém importante passa pelas nossas vidas deixam sempre uma marca. Muitas vezes eu brigava com a tua mãe porque ela estava sempre a correr e perguntava-lhe qual era a pressa. Agora entendo talvez o interior dela estivesse a avisa-la que o tempo dela por aqui era curto...Sabes por vezes quando vou á Medicina 1 fico
á espera de ouvir a voz dela. Eu tenho a certeza que ela está bem e calma e que está olhando por ti,
sabes depois dela morrer 1 dia eu sonhei com ela, ela vinha no corredor do hospital toda vestida de branco e vinha calma e sorridente. Depois disso eu acreditei que ela agora está bem.
Espero que saibas que podes contar comigo sempre que precisares. Lembra-te sempre tu eras tudo para a tua mãe e ela só queria que fosses feliz. Bjos Silvia Silva

tibeu disse...

Esteja onde tiver, cuida de ti. É o teu anjo da Guarda. bj